Quem é Satoshi Nakamoto, o home por trás do Bitcoin?

Em meados de 2008, começou uma discussão no The Cryptography Mailing que culminou na criação da então criptomoedas mais famosa do mundo, o Bitcoin. Não se espante, a maioria dos projetos open source começam e são mantidos através de listas de discussão. Mas uma coisa estranha aconteceu. Aos poucos, o homem que iniciou o projeto, chamado Satoshi Nakamoto, foi se distanciando do desenvolvimento até que parou definitivamente de contribuir e em 2011 sumiu do mapa. O controle do repositório onde era gerenciado os códigos fonte do Bitcoin foi entregue a Gavin Andresen, atual programado chefe do projeto. E o domínio bitcoin.org e outros domínios importantes foram repassados aos membros mais ativos da comunidade e assim permanece até os dias de hoje. Ninguém é dono de nada e todos contribuem para o desenvolvimento da rede Bitcoin.

A verdadeira identidade de Satoshi Nakamoto

Não importa que matéria você tenha lido a respeito da identidade de Satoshi Nakamoto; ele, com certeza, não é essa pessoa. Ele não é o programador de 64 anos nascido no Japão e naturalizado americano, nem é aquele australiano pilantra que saiu dizendo para todo mundo que era o criador da moeda. E, muito menos, um alienígena de outra dimensão. A verdade é que, talvez, nós nuca descubramos quem, de fato, é Satoshi Nakamoto, se é que ele é uma pessoa. Alguns especulam até que a CIA/NSA esteja por trás da criação da moeda.

Meme de Satoshi Nakamoto

A fortuna de Satoshi Nakamoto

Mas afinal, quanto dinheiro tem Satoshi Nakamoto? É estimado que Nakamoto tenha uma fortuna de 1.00.000 de Bitcoins, que na cotação atual gira em torno de R$ 8.382.930.000. E detalhe: Ele nunca gastou esse dinheiro. O que isso significa? Que Satoshi estava com alguma doença terminal e antes de partir deixou um presente para a humanidade? Talvez…. Pode ser que ele não dê importância para o dinheiro, queria apenas ajudar a sociedade e percebeu que o Bitcoin não se tornaria aquilo que ele imaginara ou simplesmente que tenha perdido o acesso a carteira que guardava suas moedas. Mas uma teoria ainda mais interessante é a de que ele, sendo uma pessoa ou não, sabe que o Bitcoin ainda vai valorizar muito e não quer chamar atenção.