Nokia Sleep: sensor de qualidade de sono integrado ao Amazon Alexa

Nokia Sleep pad
Publicado por Alexandre

A Nokia vem passado por mudanças estruturais nos últimos anos e mudou um pouco o foco da empresa que já dominou isolada o mercado de celulares. Na edição 2018 da CES, a empresa finlandesa apresentou um dispositivo que monitora o sono dos usuários e fornece feedbacks de como melhorá-lo. Chamado de Nokia Sleep, o aparelho tem a aparência de um travesseiro e enviar os dados via Wi-Fi para um smartphone com o aplicativo da Nokia instalado.

Nokia Sleep ajuda a ter um sono perfeito

Todo mundo sabe que ter uma noite de sono tranquila e restauradora é importante para a saúde física e mental, mas muitas vezes deixamos de lado e se quer temos noção da qualidade do sono que levamos. E é exatamente nesse ponto que entra o Nokia Sleep. O dispositivo fica por baixo do colchão e nos traz relatórios sobre a quantidade de horas que dormimos, se foi tranquila ou agitada e até se roncamos durante o a noite.

Nokia sleep

Nokia Sleep Enrolado – Imagem: Engadget

Todos esses dados são enviados ao Nokia Health Mate, aplicativo que analisa as informações do usuário e oferece dicas de como melhorar a qualidade do sono. O Health Mate é um aplicativo a parte e fornece não só feedbacks sobre o como passamos a noite mas também gerenciador de peso, analise de IMC, melhor hora para acordar, dormir e até frequência cardíaca. O aplicativo possui integração com o Google Fit.

Nokia health mate

Telas do Nokia Health Mate

O gadget da Nokia ainda tem opção de integração com o Amazon Alexa e IFTTT, que permite controlar a casa para criar um ambiente de sono ideal, regulando a temperatura do condicionador de ar, ajustando as luzes do ambiente e até o som.

Preço do Nokia Sleep e quando estará disponível

O gadget da Nokia estará disponível nos Estados Unidos no primeiro trimestre de 2018. Ele custará cerca de US$ 100. Os aplicativos Nokia Health Mate e Alexa Skill estarão disponíveis a partir de 8 de janeiro em todo o mundo, incluindo o Brasil.

Tópicos:

, ,