Mais do quase mesmo, conheça os diferenciais do Xperia Z3

sony xperia z3
Publicado por Redação

A Sony lançou o Xperia Z2 na MWC 2014 e menos de nove meses depois anunciou o seu sucessor, o Xperia Z3 na IFA deste mesmo ano. Apesar de o ciclo de lançamentos das empresas estar ficando cada vez menor, elas insistem em uma configuração e desenho muito parecido com a dos seus antecessores. Está acontecendo com a Sony, está acontecendo com a LG e parece que outras empresas de telefonia também irão adotar esse modelo.

Xperia Z2 vs. Z3

Saindo do modo panorâmico e focando no Xperia Z3, percebemos que boa parte das características do seu ancestral foram herdadas pelo novo aparelho da companhia japonesa. Entre elas a cereja no bolo da linha Xperia que é quase toda aprova d’água e poeira. Não podemos esquecer dos aplicativos proprietários como o Walkman e PlayStation, e, inclusive, a própria skin usada nos aparelhos da companhia, o Xperia UI, que manteve quase todas os predicados do seu antecessor.

xperia z2 vs z3

Especificações do Xperia Z3

O hardware do Xperia Z3 é quase o mesmo do Z2. A Sony manteve a sua câmera de 20 megapixels, conectividade à rede LTE 4G, 3GB de RAM e 16GB de armazenamento interno. Ela também decidiu manter o slot para cartão microSD expansível até 128 GB. A única diferença entre os dois é no clock do seu processador que teve um pequeno aumento de 2,3 para 2,5 GHz um incremento de 8,7%.

Tela Full HD

O display manteve a mesma tecnologia IPS Triluminos e X-Reality do Z2 que faz uso do ponto quântico e torna as imagens muito mais realistas. Com uma tela de 5,2 polegadas e uma resolução de 1080×1920 pixels, o Xperia Z3 ostenta uma densidade de 424 ppi, não é mais a densa do mercado, mas dá muito pro gasto. Apesar de já existir aparelhos com tela QHD, como o LG G3 e o Moto Maxx, um gadget com uma tela 2k é um luxo que sai muito caro para o processador e bateria.

Design arredondado

O diferencial entre o Xperia Z3 e o Z2 saiu mais pelo design. A Sony adicionou um tipo de amortecedor nas bordas do Z3 que eles chamam em inglês de bumpers (para-choque) que distribui melhor a energia gerada no impacto com o chão na tentativa de preservar a estrutura e a tela do celular. Ele ficou mais fino e estreito também, além de ter as bordas, botões e encaixes mais arredondados.

xperia z3 canto arredondado

Câmera 4K

A câmera traseira do Xperia Z3 grava em 4K a 30 quadros por segundo ou 120 quadros por segundo em câmera lenta em HD. A câmera frontal faz vídeos em Full HD a 30 quadros por segundo. Apesar do ganho recente na qualidade em fotos noturnas, abandonando a necessidade de flash em certas ocasiões, o Xperia Z3, assim como o Z2, possui um grave “erro” que superaquece o aparelho quando faz uso da câmera. Cinco minutos de gravação em 4K pode deixar o gadget passando dos 44 graus.

camera do xperia z3

Bateria melhor, mas pior

A bateria, apesar de ter perdido 100 mAh em relação ao seu antecessor, que possuía 3200 mAh, dura um pouco mais dependendo do uso que fizermos dela, mas o tempo de conversação do Z2 é maior. A explicação mais plausível talvez esteja no leve aumento do clock do processador. Mesmo assim, o Xperia Z3 possui o modo Ultra STAMINA que prolonga a vida da bateria em detrimento do visual bonito e alto desempenho em aplicativos mais pesados até você plugar o seu aparelho na tomada.

Considerações

Como foi dito no começo do artigo, as diferenças entre as gerações de aparelhos da mesma família estão ficando cada vez menores. O Xperia Z3 talvez seja o exemplo mais representativo dessa pequena mudança de paradigma. Comprar um Xperia Z3 para substituir o seu Z2 é uma manobra impensável. A Sony não está de olho em você, mas nos clientes da concorrência. Entretanto, se você não possui um aparelho da Sony ou um celular da Sony já bastante defasado, o que achou do Z3? Será que ele supre as suas necessidades?