Host – Onde hospedar o seu site

inmotion hosting
Publicado por Redação

O Blog do Android Cabeção já passou, ao longo de sua existência, por quatro serviços de hospedagens, ou hosts como alguns preferem chamar. Apesar deste artigo fugir um pouco do tema do site, ele certamente servirá para demonstrar a nossa experiência pessoal com os vários serviços de hospedagens para que as pessoas que pretendem hospedar o seu site ou mesmo migrar de um host para outro saibam qual foi a nossa experiência.

UOL Host

Logo quando a ideia de criar um site surgiu, junto com ela veio a necessidade de hospedá-lo em um host, mas qual? Não sei se a decisão que tomamos foi baseada no pouco conhecimento sobre os diversos serviços de hospedagens ou se a propaganda investida pela empresa realmente foi muito eficiente, mas acabamos por decidir hospedar o nosso site no UOL Host. O plano básico era bem limitado, não existe o cpanel, uma burocracia só para criar um subdomínio e um suporte que tem muito ainda o que melhorar.

Apesar de não ter gostado do UOL Host continuamos com ele por cerca de um ano, afinal já havíamos pago. Eu considero a hospedagem no UOL Host uma hospedagem cara, dada a quantidade de ferramentas e recursos disponibilizados. 14,90 por mês por uma hospedagem que nem cpanel tem, hoje eu vejo que é bem salgado.

host

Hostinger

Próximo da renovação de contrato decidimos abandonar o UOL Host, na verdade a decisão foi feita bem antes, mas estava esperando o tempo passar pra não jogar dinheiro fora. Mais uma vez a pergunta: qual serviço de hospedagem usar? A resposta chegou em um e-mail que recebi da 000werbhost. Para quem não conhece a 000webhost é uma empresa que tem um serviço de hospedagem grátis de sites.

Ela estava criando uma empresa chamada Hostinger. A Hostinger tem um serviço de hospedagem grátis de sites, mas também tem um serviço Premium e um Busness. Quem já hospedou um site em um host grátis sabe bem o sufoco que é ter o seu site inacessível por horas a fio, lentidão e toda a sorte de problemas. Acontece que o serviço de hospedagem da Hostinger não tem nada disso, e por incrível que pareça, é sensacional! Daí eu pensei, bom… se o serviço grátis é bom desse jeito, imagina um pago. Então decidimos dar uma chance à Hostinger e contratamos um plano de hospedagem Premium (o preço vale muito a pena).

Eu não sei se foi azar da nossa parte, mas depois que migramos o site ele ficou exibindo uma mensagem de que o consumo de CPU tinha atingido o limite e que seria necessário aguardar. Abrimos um ticket, mas ele não foi respondido. Então decidimos migrar mais uma vez, dessa vez para a hostgator. Depois da migração, o suporte entrou em contato informando que o site estava utilizando a conta Free e que já tinham resolvido o problema, mas já era tarde de mais.

Hostgator

Contratamos o plano M da Hostgator e ficamos bastante satisfeitos com o serviço e com o suporte, principalmente. O blog passou mais ou menos um mês com a hostgator, o tempo que fazia parte do ciclo de pagamento. Mas, como somos indecisos, acabamos migrando meu site novamente.

InMotion Hosting

Saimos da hostgator para a InMotion Hosting. Alguns dizem que o InMotion Hosting é o melhor serviço de hospedagem do mundo, mas vai saber. Tem alguns recursos no plano mais básico do InMotion Host que eu não vi no Hostgator, nem no Hostinger e muito menos no UOL Host, que são as informações da utilização de CPU. Além de milhares de scripts de instalação rápida e a promessa de 99.9% uptime. Para acessar o site da InMotion Host segue o link, mas tem um problema: o suporte é em inglês.