HEVC promente salvar Internet de afogamento

Conheça o HEVC (High Efficiency Video Coding), o novo padrão de compressão de vídeo em alta definição. Também conhecido como H.265, é uma tecnologia que vem sendo desenvolvida através da colaboração ISO/IEC, cujo seus desenvolvedores juram de pés juntos que conseguem diminuir o tamanho de um vídeo pela metade consumindo a mesma largura de banda. Ele é o sucessor da padrão criado em 2003 o H.264 (AVC) e parece que já tem empresa no mercado que já suporta o novo padrão. Continue lendo e saiba tudo sobre o HEVC e como ele pode ajudar a salvar a Internet de um possível afogamento.

A Internet hoje

Oitenta por cento de todo o trafego que circula na Internet é gerado por conteúdo de vídeo. Os outros 20% é tudo aquilo que sobrou, como imagens, sites, textos, e-mails ou qualquer outra coisa que não seja vídeo. Se tirássemos 20% do trafego da Internet, talvez não tivéssemos lá grande ganho performance e estaríamos abrindo mão de boa parte do conteúdo de texto e imagem em detrimento da velocidade. É claro que esse suposição é bem utópica. Ninguém abriria mão desses 20% da Internet, mas se ao invés desses 20%, acabássemos com 40% de todo o tráfego on-line sem perder um único conteúdo? Aí sim teríamos ganhos surpreendentes de desempenho e é justamente nesse ponto onde entra o papel de um codificador de vídeo.

percentual de trafego de dados on-line

Percentual de trafego de dados on-line

Perceba que o Netflix está no topo com 22.2%, somado ao YouTube, e levando em conta que boa parte do tráfego de BitTorrent é gerado por download de vídeos. Esse gráfico mostra que a transferência de vídeo é cerca de 80% do trafego de dados na Web, enquanto que o tráfego em HTTP equivalem a 16.8%, ou seja, é muito vídeo.

A Internet amanhã

Com o lançamento das primeiras TVs Ultra HD do mercado, e com o novo padrão de vídeo em 4k, é bem provável que aqueles dados mostrado no parágrafo anterior mudem. Porque afinal, um vídeo em 4k deveria ser pelo menos 4 vezes maior que um em Full HD, e mais, se ao invés de um vídeo em 4k usássemos um de 8k, esse vídeo chegaria a ser dezesseis vezes maior que um vídeo em Full HD, ou seja, bye-bye para os 80%, quase a totalidade do trafego da Internet seria gerado apenas pelo streaming desse novo padrão de vídeo. O YouTube e o Netflix, logo vão permitir os novos formatos e aí vai ter gente reclamando que a conexão está lenta, principalmente no Brasil, que tem uma das velocidade mais pornográficas no mundo.

Como o HEVC Funciona

É aí onde um compressor de vídeos em alta definição eficiente entra na história. De acordo com os desenvolvedores do HEVC, a sua eficiência de compressão é tão grande que chega a ser duas vezes mais eficiente que a melhor compressão feita pelo seu predecessor, diminuir pela metade o tamanho de um vídeo e mantendo quase inalterada a qualidade da imagem. O HEVC funciona de uma forma diferente do atual modelo de compressão, ao invés de encarar a imagem como um quadro uniforme e partir a imagem em quadros de 16×16, o HAVEC primeiro verifica se existe o movimento, e depois divide a imagem em blocos chamados de árvores de codificação, eles podem ser quadros de 64×64, 32×32 ou 16×16. Esses quadros por sua vez, segue um algoritmo que analisa a imagem e pode dividi-la em quadros ainda menores. Enquanto que no padrão anterior a imagem inteira era dividida em quadros de 16×16, o novo formato pode ter quadros de 64×64, 332×32 e finalmente 16×16, tornando-o muito mais eficiente.

HEVC

eike batista testando hevc

eike batista testando hevc

O novo padrão de conversão H.265 já foi adotado por uma gigante.

A Samsung apresentou a sua TV F8000 LED, a primeira televisão da empresa com um processador quad-core, que segundo a fabricante, chega ser até três vezes mais rápido que os modelos anteriores. Disponível em tamanhos de até 75″, o aparelho é o primeiro com suporte ao novo Codec de vídeo de alta compressão por streaming, o HEVC.

HEVC não é a solução perfeita, mas quebra um galho

De acordo com as conclusões que cheguei através de meus cálculos avançados, é que mesmo esse Codec chegando a ser duas vezes mais eficiente, o Ultra HD 4k é quatro vezes maior que o Full HD. Então seria necessário dobrar a largura da banda para conseguir ter um vídeo em 4k sendo exibido com o mesmo desempenho de um vídeo em Full HD , ou seja, mesmo utilizando o HEVC a nossa banda deveria ser dobrada. Concorda?

  • Hello, Neat post. There’s an issue along with your website in internet explorer, might check this¡K IE still is the market chief and a large section of folks will omit your wonderful writing due to this problem.

  • I like this web site very much, Its a very nice position to read and incur info . “Philosophy is a battle against the bewitchment of our intelligence by means of language.” by Ludwig Wittgenstein.