Curiosidades sobre o Gmail, o webmail mais popular do mundo

O Gmail não é um serviço de webmail qualquer. Ele é, simplesmente, o webmail gratuito mais popular que existe na face da terra. E existem alguns motivos para que você o considere o mais interessante e-mail que existe. O primeiro deles é que o serviço foi lançado no dia primeiro de abril, dia da mentira. Perfeito para lançar um dos produtos mais populares do planeta. A Google chutou o pau da barraca oferecendo o único webmail com 1GB de espaço. Isso nos idos de 2004, quando o Hotmail tinha uma caixa de entrada com míseros 2MB. E a beleza não para por aí, era necessário um convite para participar do seleto grupo de usuários do Gmail. Porque se o lance é Premium, não é para qualquer um. Continue a leitura e vamos destrinchar esse que mudou completamente a forma como usamos e-mail.

propagandas no gmail

E-mail não é coisa de velho?

Talvez a geração Z não saiba bem o que é um cliente de webmail. Eles sabem o que é Insta, Snap e Face e alguns têm uma leve noção de que precisam de um e-mail para poder criar o cadastro nesses serviços. Mas calma lá, será que e-mail é coisa de velho?

Pode ser que você não saiba, mas o e-mail é mais antigo que a própria Internet. Ele foi criado para funcionar como um meio de comunicação entre os usuários da ARPANET e com a transição para Internet, veio junto. Entretanto, os clientes de Webmail são uma criação um pouco mais recente. O primeiro cliente de e-mail web tem cerca de 20 anos de idade.

O Hotmail foi o primeiro deles e foi lançado em 1988. O Gmail por sua vez é ainda mais jovem e só tem 13 anos de idade. Gente, é um adolescente!

Convite para participar do Gmail

Hoje em dia qualquer um pode criar uma conta no Gmail. Mas quando o serviço foi lançado há 13 anos não era desse jeito que as coisas funcionavam. Os usuários que já possuíam uma conta tinham um número limitado de convites para enviar aos amigos. Isso mesmo, era necessário um convite para utilizar o e-mail da Google, assim como alguns outros produtos da companhia na época, como o Orkut. Dê uma olhada num convite de 2004.

Convite para participar do Gmail

Legal, né? Aposto que você nem lembrava mais disso.

Como a Google ganha dinheiro com o Gmail?

Alguns podem pensar: Eles não cobram mensalidade e eu passo o dia inteiro enviando e recebendo e-mails e nunca vi um banner se quer no Gmail. Será que a Google é uma organização humanitária que ajuda na inclusão digital? Essa dúvida é mais recorrente do que você imagina. E é difícil de explicar todas as formas que a Google gera dinheiro com o seu cliente de webmail. Mas três já são bem conhecidas. A primeira são os e-mails patrocinados, que ficam na parte de cima da nova interface da versão gratuita. Eles são listados como se fossem um e-mail comum e a única coisa que os diferencia dos outros e-mails é um retângulo amarelo escrito “Anúncio”. Outra forma é coletando dados sobre os usuários para serem utilizado em propagandas direcionadas. Um lance bem 1984. E existe ainda a versão para companhias. O G Suíte é um conjunto de ferramentas para empresas que, entre outras coisas, possui o Gmail como cliente de e-mail.

Propagandas no Gmail

Infinito + 1

No dia primeiro de abril de 2005, o Gmail lançou seu programa “infinito + 1” e começou a aumentar o espaço de armazenamento da sua caixa de entrada gradativa e indefinidamente. A princípio, a taxa de aumento era de 4 bytes por segundo e já chegou a ser de 1500 bytes por segundo. Atualmente, esta taxa gira em torno de 4 bytes por segundo, o que dá algo como 124 MB por ano. Hoje, o espaço de armazenamento de uma conta gratuita é de 19 GB. Esse espaço não é exclusiva da caixa de entrada do Gmail e é compartilhado com outros serviços da companhia, como o Google Drive e o Google Photos. Uma conta paga do G Suite pode ter 1 TB de armazenamento ou até mesmo ser infinito.

Integração com outros serviços

Hoje em dia, o Gmail já tem integração com a maioria dos serviços oferecidos pela Google, como o Google Drive, Google Docs, Google Agenda e o Hangout. Você gerencia todos esses serviços na página do Google Account e todos eles conversam como o perfil da rede social da empresa, o G+.

Lista de produtos da Google

Criando conta no Gmail

Para criar uma conta no Gmail, basta acessar o endereço www.gmail.com ou mail.google.com e clicar em “criar uma conta”. Como já foi mencionado, não é mais necessário convite para participa. Eles irão solicitar algumas informações básicas como o nome, endereço e um número de celular para recuperação da senha caso você a esqueça. Eles também solicitam um e-mail alternativo, com a mesma finalidade.

Domínios alternativos para acessar o Gmail

Você pode acessar o Gmail através de vários domínios diferentes. Alguns são para gerar comodidade e direcionam o usuário par ao endereço correto caso erre alguma coisa no navegador. Alguns dos domínios oficiais podem ser conferidos na lista a seguir:

  • m.gmail.com, versão mobile do Gmail, em HTML puro. Muito útil quando se está em um aparelho limitado do ponto de vista de hardware ou conexão com a Internet.
  • www.gmail.com, o domínio que a maioria utiliza. Se você digitar esse endereço no navegador será redirecionado para mail.google.com, que é o endereço oficial.
  • mail.google.com, endereço oficial do serviço de webmail da Google.
  • www.google.com/gmail, também direciona você para mail.google.com.

E então, você gosta do Gmail? Comente e vamos abrir um canal de comunicação sobre o assunto.

Veja mais: , ,