Mais um Galaxy S4 pega fogo, dessa vez no Canadá

Se você viu a notícia do suposto Samsung Galaxy S4 que explodiu na china e incendiou um apartamento, deve ter lido também que ele é um aparelho com algumas falhas, entre elas está o seu processador Exynos 5 que esquenta pra dedeu. Em alguns testes feitos ele chegou a 50º , dá pra fritar um ovo a essa temperatura. Acho que é por esse motivo que a versão Google Play do Samsung Galaxy S4 não vem com um processador Exynos, mas sim o Snapdragon 600 que tem um sistema de encapsulamento de calor, é muito mais eficiente e combina mais com um smartphones do que o Exynos octacore que impede você até de encostar o celular no rosto para atender uma ligação de tão quente depois de desempenhar tarefas estressantes. Deixando de lado os possíveis motivos, vamos à notícia.

Samsung Galaxy S4 pega fogo e por pouco não explode

No dia 2 de dezembro, Richard Wygand publicou um vídeo no YouTube demonstrando um defeito perigosíssimo. De acordo com ele, ao colocar o smartphone no carregador e ir dormir, quando acordou o celular estava queimando, ele sentiu um cheio forte e percebeu que era o smartphone. O local onde foi queimado é justamente a entrada do conector do carregador. O vídeo (em inglês) você pode ver a seguir.

O vídeo que gerou uma enorme repercussão, acabou chamando a atenção da Samsung que, em troca de um celular substituto, pediu para que Richard assinasse um documento afirmando que ele deveria remover o vídeo do YouTube e que permaneceria em silêncio sobre o acordo. O que ele fez? Simplesmente gravou outro vídeo informando o ocorrido aos internautas. Que feio Samsung!

Wygand afirmou ser um fã da Samsung, mas depois do incidente deixou de ser. Ao Mashable ele disse que depois de publicar o segundo vídeo a Samsung não entrou mais em contato.