Jogos

Far Cry 5, o jogo mais polêmico do ano e uma gameplay de 3 minutos

Far Cry 5 Joseph Seed

Os atentados de 11 de setembro, os atentados recentes na Inglaterra, o avanço de estado islâmico nos países árabes e a morte de milhares de pessoas trazem à tona a discussão sobre o crescente fanatismo religioso no mundo. Acompanhando essa discussão existe também a discriminação por porte da comunidade ocidental em relação aos povos de origem árabe, geralmente muçulmanos e que, apesar dos esforços de celebridades e da mídia, não conseguem reverter a visão negativa sobre si. Far Cry 5 debate esse mesmo fanatismo, mas tira de cena os muçulmanos e põe, adivinhe… Cristãos americanos que adoram armas. Fazendo-nos lembrar que extremismo e fanatismo religioso não são exclusividades dos muçulmanos.


A série Far Cry é conhecida por colocar as personagens em lugares exóticos com armas à vontade e veículos a disposição. Nesse jogo específico somos transportados para Hope County, um condado no interior do estado de Montana. Onde somos apresentados ao Eden’s Gate, uma seita religiosa que aos poucos foi se transformando no que hoje pode ser descrito como um grupo de fanáticos religiosos que utilizam da violência para controlar a cidade.

O enredo de Far Cry 5

Você assume o papel de um xerife enviado para prender Joseph Seed, o pastor por trás da Eden’s Gate. Mas como deve imaginar, Seed não está sozinho. No meio do caminho você vai fazendo alguns amigos. Entre eles o Boomer, um cachorro que nos ajuda na hora pegar os inimigos desprevenidos; Nick Rye, um cara que tem um avião e gosta de sair explodindo tudo; e uma sniper que nos cobre enquanto utilizamos os nossos dons furtivos. Confira três minutos de gameplay liberados pelo Ubsoft.


Far Cry 5 permite que você personalize completamente o seu personagem; um lance parecido com o que acontece com o Fallout. Além de trazer a possibilidade de pilotar aviões e modo co-op.