Quase todos os downloads de e-books na Rússia são ilegais

A leitura de e-books na Russia está crescendo, em proporção um pouco maior está crescendo também a pirataria de livros digitais, que já começa a se tornar um obstáculo para que o crescimento deste segmento de mercado continue. Já falamos aqui dos downloads piratas da série Game of Thrones, e o quanto essa pirataria é importante para que a série continue no ar. Mas parece que a mesma coisa não acontece com downloads ilegais de e-books. Veja o porquê.

De acordo com dados publicados pela Rússia, 70% dos russos leem e-books, quase um quarto a mais de leitores em comparação ao ano passado. Entretanto 92% desses leitores baixam os seus livros gratuitamente na Internet. Nos Estados Unidos esse número é de apenas 12%. As pessoas que baixam e-books de graça, não compram a versão digital e muito menos o livro. O que acaba se tornando uma grande ameaça à propriedade intelectual.

E-book no Brasil

No Brasil a maioria dos leitores ainda preferem o livro convencional, apesar de os e-books serem cerca de 30% mais baratos que os livros convencionais. A líder de venda nesse segmento de mercado no Brasil é a iBookstore, da Apple, que concentra cerca de 28,5% das vendas de títulos das sete maiores editoras que atuam no Brasil, seguido pela Amazon, com 22% e Google, com 17%. Ainda não existem dados sobre a pirataria de e-book aqui no país.

[button url=”http://mashable.com/2013/07/09/russia-ebook-piracy/” target=”e.g. _blank or _self” style=”grey” size=”small”] mashable [/button]