Conheça as espécies de carteiras digitais

cryptocurrency
Imagem: Make-someones-day/ Pixabay
Publicado por Equipe Comercial

Qualquer um que pretende comprar e vender criptomoedas vai precisar de uma carteira digital. Esta é a responsável por guardar moedas digitais. Na verdade, o que uma carteira digital armazena são chaves criptografadas privadas e públicas e são estas que asseguram a propriedade da moeda digital à determinada pessoa.

Em termos de segurança, a maioria das carteiras digitais está adotando autenticação de dois fatores. Isso significa que, além de sua senha, você também deverá escolher um outro médico de autenticação. Entre eles, existem PINs (Personal Identification Number), tokens, frases secretas, códigos enviados por email, celular ou ambos etc. A autenticação de dois fatores é uma tendência de segurança que está sendo aplicada não apenas pelos serviços de carteiras digitais. Os bancos, como o Bradesco, por exemplo, já usam uma série de dois fatores, o mesmo pode ser dito sobre o Google e o PokerStars adota PINs e tokens como formas de garantir a autenticada dos usuários e aumentar a segurança online.

As carteiras digitais

Dito isso, existem diversas espécies de carteiras digitais, sendo que as principais são: hardware, desktop, móvel, online e papel.

Carteiras hardware são pequenos dispositivos (podendo ter forma de pendrive) dedicados exclusivamente a armazenar chaves criptografadas. É uma das formas mais seguras de armazenamento para criptomoedas, uma vez que as chaves privadas são armazenadas offline e o dispositivo apenas conecta-se com a web para fazer transações. Além disso, existem carteiras hardware que permite o armazenamento de várias espécies de criptomoedas e são compatíveis com diversas interfaces da web. Outro ponto positivo desse tipo de carteira é a praticidade. Carteiras hardware permitem que você envie e receba moedas apenas plugando-as em um dispositivo conectado à internet e introduzindo sua autenticação. Um ponto negativo é o preço: carteiras hardware podem ter um valor bem elevado.

bitcoin

Imagem: QuinceMedia/Pixabay.

A versão desktop das carteiras digitais é bastante popular. Elas tendem a ser mais seguras que as carteiras online e móveis, porém menos seguras que as carteiras hardware. Uma carteira desktop é aquela em que é preciso fazer o download e instá-la em um computador. Sendo assim, apenas é possível acessá-la do computador em que ela estiver instalada e caso este seja infectado com alguma espécie de vírus, seja danificado ou hackeado é possível que toda a soma armazenada se perca.

Carteiras móveis

De forma simples, carteiras móveis são disponibilizadas na forma de aplicativos para smartphones. A sua grande vantagem está na mobilidade que ela proporciona para quem realiza transações diariamente. Algumas espécies de carteira móvel utilizam até a chamada near-field communication, o que permite que transferências sejam feitas apenas aproximando o smartphone de um leitor, sem precisar que informações adicionais sejam introduzidas. Entre as desvantagens das carteiras móveis, está a maior vulnerabilidade a ataques e a possibilidade de perder as informações se outra pessoa tiver acesso ao seu smartphone.

Carteiras online

Carteiras online, por sua vez, são aquelas que armazenam chaves privadas na nuvem e são acessíveis a partir de qualquer dispositivo conectado à internet. Como qualquer serviço de armazenamento em nuvem, carteiras online oferecem conveniência e praticidade, porém, em termos de segurança, não são tidas como as mais confiáveis.

Carteiras de papel

Por fim, as carteiras de papel são, talvez, a forma mais segura de armazenar chaves privadas, visto que estas não ficam guardadas em qualquer forma de dispositivo digital. Uma carteira de papel nada mais é que uma cópia física das chaves públicas e privadas e normalmente possuem a forma de um QR code. Imprimir um QR code, tanto da sua chave pública quanto da sua chave privada, permite enviar e receber moedas digitais. O processo de transferência consiste em escanear o QR code e adicionar as chaves em uma versão software da carteira. Como se trata de um documento físico, é preciso ter o cuidado de guardá-lo em um local seguro e longe de possíveis agentes capazes de danificar o papel.

Tópicos:

,