Conheça a tecnologia PureView

A Nokia vem revolucionando a forma como fotografamos. O Nokia 808 PureView Pro é uma pequena demonstração daquilo que pode ser feito com uma supercâmera embutida no seu smartphone. Mas você conhece a tecnologia PureView? Sabia que ela não tem nada haver com a quantidade de pixels, mas sim com a qualidade da imagem? Conheça um pouco mais esse que talvez seja o primeiro passo para mudar a forma como fazemos fotografias.

PureView, fotos de alta qualidade

Quando falamos de PureView, duas coisas vêm à nossa cabeça que são, a alta qualidade na imagem e zoom digital sem perda da qualidade da foto. Eu, particularmente, odeio zoom digital, porque ele é uma mera ilusão proporcionada por um software. No caso do PureView, não poderia ser diferente, mas nesse caso, o truque é um pouco mais complexo ao ponto de acharmos que não existem perdas. Esse mesmo “truque” é que permite ao PureView tirar fotos tão nítidas.

Oversampling é o segredo da qualidade

O PureView usa uma tecnologia diferente das suas concorrentes. O sensor de imagem do seu aparelho tem 41 megapixels e uma resolução nativa de 7.728×5.368 pixels. Esse tamanho é um pouquinho grande para ser exibido numa tela de um celular. É aí que entra o “truque”. Ao invés de criar um pixel de imagem para cada pixel capturado pelo sensor do PureView, uma tecnologia chamada Oversampling, faz uma espécie de mesclagem. É como se pegássemos a imagem de 16 televisões FullHD e colocássemos em uma só, criando uma imagem UltraHD. Não é isso, mas é mais ou menos isso. Fato é que, com o Oversampling é possível pegar vários pixels e transformar em um único pixel, chamado de superpixel.

Zoom digital

Até esse ponto é fácil perceber que a câmera transforma os 41 megapixels capturados pelo sensor, em uma imagem de 5 megapixel, com mais clareza e menos ruído. Essa mesma abordagem pode ser a plicada a forma como fazemos o zoom digital, como? Simples. Quando aplicamos o Zoom digital, a imagem vai perdendo qualidade e sofrendo “pixelização”. No caso da PureView, a medida que vamos aplicando o zoom, o superpixel vai diminuindo, e o máximo de zoom obtido equivale à imagem originalmente capturada pelo sensor da câmera, isso que dizer que ela não perde qualidade, mas também não ganha. Abordagem interessante, não?

Foto tirada com PureView