Como melhorar o sistema de atualizações do Windows 10

Sistema de atualização do Windows 10
Imagem: Getty Images
Publicado por Redação

Se você perguntar para um usuário médio o que ele mais odeia no Windows 10 ou qualquer outro sistema desenvolvido pela Microsoft, talvez ele responda que é o sistema de atualização. É completamente compreensível que as pessoas se frustrem enquanto ficam esperando o sistema atualizar ou aguardem horas na frente da tela enquanto olham para mensagens como “Trabalhando em atualizações 357% concluído. Não desligue o computador” ou “Reiniciando o Windows. Seu computador será reiniciado várias vezes”.

Como funciona as atualizações no Linux

Para quem é usuário de Linux sabe que o sistema de atualização não é tão traumático quando no Windows. Isso acontece porque um programa é distribuído através de vários pacotes que são, tecnicamente, independentes. Essa abordagem permite que as atualizações sejam lançadas mais rapidamente e sem interferir em outras partes do sistema.

No mundo Linux existe um carinha chamado gerenciador de pacotes. Ele conhece todos os paragramas que estão instalados na máquina e, quando uma nova atualização é lançada, ele sabe exatamente o que baixar. Existem gerenciadores de pacotes diferentes para distribuições diferentes. Para distribuições baseadas no Debian, por exemplo, o gerenciador de pacotes é o APT.

Como funciona a atualizações do Windows 10

Do outro lado da moeda, o Windows 10 tem um carinha chamado Windows Update que é o responsável por atualizar o sistema, mas não só ele fica incumbido de atualizar programas. Agora a loja de aplicativos, a Windows Store, também pode atualizar os programas, o que faz todo sentido.

windows update

A Windows Store, que nasceu junto com o Windows 8, fica responsável por atualizar aplicativos universais, como o Microsoft Edge. Já o Windows Update tem a incumbência de atualizar o core do sistema e programas que já vêm instalados por padrão na imagem de instalação.

A vida do Windows Update não é fácil porque os programas, no Windows, tem uma alta dependência. Isso significa que quando você altera um, essa mudança pode interferir em outras partes e gerar um bug. Por causa dessas características particulares, o Windows recebe atualizações com menor frequência.

As atualizações, quando são lançadas, geralmente são grandes e demoram para serem instaladas, já que alteram o funcionamento de uma grande quantidade de programas. Dependendo da atualização, é como se estivéssemos instalando uma nova versão do sistema operacional na máquina.

Algumas dicas que podem melhorar o uso do Windows Update

Impedir que o sistema distribua atualização para outros PCs

O Windows 10 tem um recurso que permite que as máquinas dos usuários distribuam atualizações para outras máquinas. Com isso, a Microsoft diminui a carga nos seus servidores e você pode receber uma bela de uma conta no final do mês se tiver uma franquia de dados limitada.

Entretanto, é possível desativar esse recurso seguindo o passo-a-passo a seguir.

  1. Clique no botão Iniciar, em seguida vá em Configurações > Atualização e Segurança > Windows Update.
    Em “Configurações de atualização”, selecione Opções avançadas.
  2. Agora selecione “Escolher como as atualizações são obtidas”.
  3. Onde tem escrito “Quando essa opção é ativada, o computador também pode enviar partes das atualizações do Windows e de aplicativos previamente baixados para computadores na rede local, ou para computadores na Internet, dependendo da opção selecionada abaixo.” Você pode marcar “Computadores na rede local”, o que é ótimo se tiver várias máquinas com Windows 10, ou desativar completamente essa função.

Tornando a instalação do Windows 10 mais estável

É possível tornar o Windows 10 muito mais estável se a sua versão for a empresarial. Existe a opção de adiar as atualizações. Essa função permite que o sistema receba apenas atualizações de segurança enquanto que os outros tipos de atualizações são instalados depois de testados pela versão doméstica dos milhões de usuários do Windows 10. Uma ótima opção para quem busca por estabilidade.

  1. Clique no botão Iniciar, em seguida vá em Configurações > Atualização e Segurança > Windows Update.
  2. Em “Configurações de atualização”, selecione Opções avançadas.
  3. Agora é só marcar “Adiar atualizações”.