Alternativas de entretenimento para quem tem hardware limitado

Atualmente, os grandes jogos para PC requerem uma configuração bem forte de hardware para funcionar. O Fifa 18, por exemplo, exige pelo menos 8 GB de memória RAM, processador potente e uma placa de vídeo que seja equivalente a Nvidia GTX 460. Não são todos que têm essa força na máquina. No entanto, há alternativas para se divertir com o PC, mesmo sem hardware de elite.

Reviva alguns clássicos dos games

Há alguns jogos clássicos que marcaram época, e que mesmo com o passar do tempo ainda são games atrativos e cumprem muito bem a promessa de divertir.

Um deles que nunca sai de moda é o Need For Speed: Underground. Um jogo extremamente popular e que foi lançado em 2003 originalmente para PlayStation 2, GameCube e Xbox, é um jogo que pode ser rodado por qualquer Notebook ou PC moderno, independente da potência dele.

Reconhecido pela crítica (nota de 85 em 100 no Metacritic), pelo menos algumas horas de diversão estão garantidas revivendo esse clássico dos jogos.

Outro clássico, mas com proposta totalmente diferente do Need for Speed, é o Portal. Com nota 90 no Metacritic e 9 no GameSpot, esse jogo, lançado em 2007, não é atraente pelos gráficos, e sim nos desafios que aparecem ao longo da trama.

Muito fácil de jogar, desafiador e bem leve, Portal pode ser praticado por qualquer um. Puzzle de muito respeito.

Outros, como The Sims 2 (2004), Age of Empires III (2005) e Fifa 08 seguem como alternativas para passar o tempo e reviver a nostalgia.

Dê uma chance aos esportes

Há algumas modalidades que podem ser praticadas no mundo online. Entre eles, as principais são o poker (reconhecido oficialmente pelo Ministério do Esporte) e o xadrez (reconhecido pelo Comitê Olímpico Internacional).

mesas de poker online que são bem didáticas e ensinam passo-a-passo como praticar esse esporte, o que dá espaço para o novato que nunca praticou.

No xadrez, também é muito fácil encontrar lugares para jogar. O Chess Hotel, por exemplo, é uma referência no assunto e traz uma versão no aplicativo smartphone para te acompanhar quando não está no PC ou Notebook.

Seja para poker ou xadrez, por melhor trabalhada que seja a plataforma que você escolher, uma máquina moderna consegue funcionar os jogos sem problema.

Alguns modernos, mas leves

Caso não tenha paciência com os jogos antigos e os gráficos bem ultrapassados, há algumas alternativas que não vão exigir muito do hardware de games modernos.

Um caso prático disso é o Cities XXL. Lançado em 2015, é um clássico simulador de cidades. Nele, você precisa criar cidade, cuidar dela e fazer tudo funcionar em um game que parece simples, mas é desafiador.

No Cities XXL, apenas um Dual Core e 3 GB de memória RAM são necessários. Algo não muito diferente do que os novos smartphones oferecem, portanto, um Notebook ou PC recente devem dar conta sem maiores problemas.

Os simuladores esportivos de manager também são excelentes alternativas. Além do já tradicional e conhecido Football Manager, que pode ser jogado na versão 2D, alguns desconhecidos do público geral, como Pro Cycling Manager e Out Of The Park Baseball também valem a pena investir.

Confie nos jogos indies

Games fora do mercado tradicional de jogos e que não aparecem nas grandes feiras de videogame também podem ser atrativos e interessantes. Esses são classificados de jogos “indie”, ou seja, fora do mainstream.

Entre os principais, The Witness (puzzle) e Inside (mistério) são muito bem avaliados. Inside, por exemplo, é um game curto, que pode ser completado em cerca de três horas, o que torna uma experiência bem agradável para quem quer um passatempo rápido.