Mozilla

A Mozilla Foundation foi eleita a companhia mais confiável de 2012

Depois da mudança da política de privacidade de grandes empresas de Internet como a Google, Facebook e Microsoft, as pessoas tem ficado apreensivas com relação as informações pessoais que são repassados aos parceiros desssas empresas. O caso mais recente foi a do Facebook ter mudado sua política de privacidade do Instagram e ter dado a entender que poderia vender as suas fotos sem te pagar nada pela venda. O Facebook afirmou que na verdade foi um grande erro de interpretação e que você continua sendo o verdadeiro dono das fotografias compartilhadas no Instagram. Outro caso é o compartilhamento de informações de pesquisa feitas no Google, aos seus parceiros. Se você sofrer um acidente de carro e compartilhar essa informação na rede social da Google para avisar aos seus amigos que está tudo bem, muito provavelmente vai encontrar propagandas sobre venda de carros ou carros com desconto. Ou quando pesquisa sobre algum produto e acaba vendo propagandas desse mesmo produto pesquisado nos sites parceiros do Google.

Mozilla é eleita companhia mais confiável no quesito segurança e privacidade de dados pessoais em 2012

Entretanto existem empresas no ramo da internet que considera suas informações pessoais como confidenciais e tratam-na como tal. A Mozilla Foundation é uma organização sem fins lucrativos criadora de um dos navegadores mais utilizados hoje em dia, o Mozilla Firefox e também do sistema operacional para dispositivos móveis, o Firefox OS (Política de privacidade Mozilla). Ela recebeu recentemente um prêmio do Instituto Ponemon. O Instituto Ponemon faz pesquisas independentes sobre proteção à privacidade de dados e política de segurança de informações. O objetivo do Instituto é dá informações mais claras ao setor público e privado sobre como as empresas estão tratando e recolhendo os dados pessoais e confidenciais e orientar organizações sobre como melhorar sua iniciativa de proteção de dados e assim ter uma melhor reputação.

Política de privacidade

Metodologia

A pesquisa foi feita nos Estados Unidos e contou com a participação de de 100 mil consumidores, que preencheram um formulário que informavam a organização e a taxa em que eles acreditavam que essa empresa protegia a privacidade de suas informações pessoais. O Resultado mostrou que as pessoas confiam mais em aplicativos com o Mozilla Firefox do que no Google Docs ou Adobe Flash ou Reader.

Resultados da pesquisa

De acordo com o documento (clique aqui para baixar) a apreensão de riscos sobre aplicativos de terceiros, o Google Docs e Adobe, incluindo o Flash e Adobe Reader, são os aplicativos que mais preocupam os entrevistados. As preocupações da Apple aumentaram drasticamente desde 2010 e os aplicativs que menos preocupam os usuários são o Winzip e o Mozilla Firefox