Siri, Cortana e Google Now. Conheça as principais assistentes virtuais do mercado

Por -

Os assistentes virtuais não são novidades no mercado e existem vários deles espalhados mundo a fora. Você conversa com um quando liga para sua operadora de telefone ou quando liga para o delivery da sua rede de pizzarias favorito; quando usa seu iPhone, Windows Phone ou Android; ou mesmo quando vai começar um novo jogo no seu console favorito e percebe que existe um tutorial interativo que se manifesta na sua frente com a forma de um avatar. A diferença que existe entre eles é o grau de complexidade de sua inteligência artificial e o propósito pelo qual eles foram concebidos. Se uma gravação é capaz de compreender as necessidades do cliente para direcionar a sua ligação para o setor responsável, nasce aí um assistente virtual, não lá muito complexo, mas bastante eficiente. Entretanto, os avanços na área de Inteligência Artificial e Linguística Computacional permitiram o surgimento de uma nova geração de assistentes virtuais que são tão inteligentes que podem responder de forma natural perguntas até bem complexas e o melhor de tudo, alguns deles ainda têm senso de humor. Confira alguns dos principais assistentes virtuais pessoais disponíveis no mercado.

Google Now

Por ser o sistema operacional mais popular do mundo, o Android é o grande responsável por levar até as pessoas um dos assistentes pessoais virtual da geração atual, o Google Now. Disponível a partir da versão 4.1 do Android, ele é capaz de realizar alguns truques, executar tarefas pré-programadas e responder à perguntas. O Google Now aprende os hábitos do usuário e com isso é capaz de trazer informações relevantes antes mesmo de você pensar que elas são relevantes, como o tempo meteorológico na sua cidade, o transito, tempo médio até você chegar no trabalho ou em casa. Ele também permite que você execute aplicativos apenas com o comando de voz, leia mensagens de texto e realize chamadas telefônicas. O assistente virtual do Google também usa a sua base de conhecimento para responder perguntas como a distância da Terra até o Sol, a quantidade de calorias que existe em determinado fruta e tantas outras perguntas.

Cortana

Entre os principais assistentes virtuais pessoais, o mais recente é a Cortana, desenvolvida pela Microsoft e lançada em abril deste ano. Atualmente ela está em fase beta de desenvolvimento e terá sua versão final lançada no início de 2015. Hoje em dia ela está disponível em aparelhos que rodam Windows Phone 8.1 e possivelmente estará disponível também no Xbox One e PC (Windows 10). Ainda em inglês, a Cortana só deve entender o nosso idioma em 2015, mas é possível, se você manjar da língua de Shakespeare, usar a assistente em aparelhos celulares que rodem o sistema operacional da Microsoft. Para isso basta alterar o idioma do aparelho para inglês americano e a localização para Estados Unidos e desfrutar do que a assistente já é capaz de fazer. Entre as suas habilidades está a possibilidade de informar resultados de jogos, valores de ações da bolsa e até conversar com você. Isso porque a Cortana simula uma assistente real, bem parecida (forçando a barra, claro) com aquela assistente do filme Ela, estrelado por Joaquin Phoenix.

Siri

A terceira força do mercado de assistentes virtuais pessoais é o Siri, desenvolvida como aplicativo para iOS e logo depois adquirido pela Apple em abril de 2010. Ele é o mais velho dentre os assistentes apresentados nessa lista. Apesar se sua idade avançada, ainda não compreende o nosso idioma oficialmente e parece que não existem previsões para suporte no futuro. Humm… coisa chata, né? Entretanto, é possível ativá-lo através de uma gambiarra parecida com aquela que os usuários do Windows Phone se valem para utilizar a Cortana, mudar o idioma padrão do aparelho para inglês americano. O Siri faz basicamente o que os outros assistentes pessoais fazem, como ativar alarme, criar lembretes, realizar chamadas, agendar eventos no calendário e tantas outras coisas. O Siri, na verdade, na verdade mesmo, já suporta o nosso idioma, só que na versão ditado, uma função que auxilia o usuário na transcrição de texto falando em escrito, fora isso, não dá pra fazer muita coisa.

 

BlackBerry Assistant

Na tentativa de acompanhar o mercado, a BlackBerry anunciou que também está desenvolvendo uma assistente virtual pessoal. O BlackBerry Assistent, como foi batizada a novidade, ainda não tem data de lançamento e provavelmente fará basicamente o que os atuais assistentes das gigantes fazem, como realizar chamadas, enviar mensagens e executar aplicativos. Como a BlackBerry não anda muito bem das pernas, pode ser que o BlackBerry Assistante nem chegue a sair do projeto, já que a empresa pode deixar de existir já no ano que vem. Mas vamos aguardar para ver o que ela nos trará, se viver até lá.

Vaza imagem do Blackberry Assistant

O que você acha de cada um deles? Qual prefere? Compartilhe com a gente.


Alexandre

Estudante de engenharia, 21 anos e geminiano, um prato cheio para quem acredita nessas bobagens. Aprendi que conhecimento se obtém com a experiência, que a idade fica na cabeça e horóscopo, bom... Nunca acreditei em horóscopo. Perfil do Google+

Postagens Relacionadas

  • CGT

    É muita ignorancia fazer uma afirmação como esa sobrea a BlackBerry, vai estudar um pouquinho mais antes de dar opiniões publicas que podem trazer outras pessoas para sua alienação. Não vou perder meu tempo explicando muito pra você,mas pesquise sobre QNX da BlackBerry, e você verá que a empresa está bem longe de falir… Além do Mais o BlackBerry OS 10 foi considerado o melhor sistema operasional do Mundo…. Pensquise mais antes de encrever besteira como esta aqui ……..” Como a BlackBerry não anda muito bem das pernas, pode ser que o
    BlackBerry Assistante nem chegue a sair do projeto, já que a empresa
    pode deixar de existir já no ano que vem.”

    Leia mais em: http://smartmundo.com/siri-cortana-google-now-assistentes-virtuais/#ixzz3hwYRzD3z

    • CGT

      Essa* pesquise * escrever*

    • Pesquise sobre a situação financeira da empresa em 2014 e depois volte pra comentar.