Pou, bichinho virtual para Android

Por -

Quem tem um pouco mais de idade deve lembrar da primeira versão do tamagochi, aquele bichinho virtual que já foi uma febre entre as crianças da minha geração. Apesar de a popularidade do tamagochi ter caído, os bichinhos virtuais ainda fascinam as pessoas, um ótimo exemplo é o Pou, um simpático bichinho virtual criado para rodar dentro do seu sistema Android.

Tamagochi para Android

O aplicativo é bem simples e neve basicamente você só precisa fazer uma coisa, cuidar do seu bichinho virtual, e isso implicar em alimentá-lo, limpá-lo, dar comida, brincar com ele e outras coisas legais que só um bichinho virtual é capaz de proporcionar. Neste aplicativo, você será responsável por tomar conta de um simpático alienígena que parece mais uma batatinha. Além, é claro, de cuidar de todas os procedimentos vitais para o que o seu pequeno amigo viva saudável e feliz.

Pou, alienígena com cara de batata

Depois de abrir o jogo, a primeira coisa que precisa fazer é alimentar o seu amigo virtual e para isso, tudo o que você precisa fazer é escolher um item e arrastá-lo até a boca do bichinho. O mesmo funciona para as outras ações, ou seja, se for preciso dar banho nele, basta arrastar o sabonete sobre o personagem até que ele fique limpo ou arrastar o remédio ou qualquer outro ítem.

O Pou precisa se divertir, afinal, ele é uma criança alienígena. Para isso existem minigames, ou minijogos, como preferir, para divertit o seu Pou e impedir que ele entre um um tédio sem tamanho enquanto estiver no seu Smartphone. No mercado do jogo é possível adquirir uma série de itens para deixar a sua diversão ainda maior. Lá, você encontra produtos de alimentação variados, novos papéis de parede para decorar o plano de fundo, roupas para o seu Pou, entre outros elementos.

Vale a pena conferir esse jogo e lembrar o quanto é legal cuidar de um bichinho virtual.


Alexandre

Estudante de engenharia, 21 anos e geminiano, um prato cheio para quem acredita nessas bobagens. Aprendi que conhecimento se obtém com a experiência, que a idade fica na cabeça e horóscopo, bom... Nunca acreditei em horóscopo. Perfil do Google+

Postagens Relacionadas